FORMULA

Cada 100ml de produto Velactis contém:

  • Cabergolina ........................................................ 0,112g
  • Excipientes q.s.p.............................................. 100,00ml

BULA

 

Velactis

 

Indicações:
Velactis
 é um inibidor direto da secreção de prolactina por possuir elevada afinidade aos receptores de dopamina D2. Velactis é indicado na redução do vazamento de leite em fêmeas bovinas durante o período da secagem, permitindo a formação do tampão de queratina no canal do teto e reduzindo a dor e o desconforto do úbere em função da diminuição do ingurgitamento e da pressão interna na glândula mamária. Como consequência, Velactis previne novas infecções intramamárias durante o período seco além de proporcionar maior facilidade no manejo dos animais durante a secagem. Velactis potencializa o principal processo envolvido na involução da glândula mamária relacionado às defesas naturais contra infecções intramamárias, melhorando as condições de bem estar animal, por reduzir a dor e desconforto sem o uso de métodos estressantes e invasivos.

 

Fórmula:

Cada 100ml de produto Velactis contém:
Cabergolina 
........................................................ 0,112g
Excipientes q.s.p.............................................. 100,00ml

 

Dosagem:
A dose recomendada de Velactis é de 5,6 mg de cabergolina (correspondente a 5 ml da solução) por animal, em aplicação única.

 

Administração:
Velactis 
é indicado para administração intramuscular.

 

Precauções:
Contraindicações:

Não usar o produto Velactis em caso de hipersensibilidade a cabergolina.
Se observado algum efeito adverso, mencionado ou não nesta bula, o médico veterinário
deverá ser consultado.
Não utilizar o produto Velactis em animais em lactação, quando não se deseja a interrupção
da mesma (secagem).
Doses altas podem causar desordens digestórias (diarreias e redução dos movimentos
ruminais).

 

Precauções gerais:
Evitar contato do produto Velactis com a pele, olhos e bocas.
Em caso de derrame acidental na pele, lavar imediatamente com água e sabão.
O produto Velactis pode causar sensibilização à pele.
Se o produto cair acidentalmente nos olhos, lavar abundantemente com água.
Mulheres grávidas e pessoas com hipersensibilidade ao ingrediente ativo devem evitar o
contato com o produto Velactis.
Em caso de auto aplicação, consultar um médico.
Sempre lavar as mãos após a manipulação de Velactis.

 

Precauções especiais para uso em animais:
Procedimentos assépticos padrão para administração parenteral devem ser seguidos.

 

Apresentação:
Frasco de 5 ml, 25ml e 50 ml.

 

Velactis - Onde tudo começa

 

Secagem:

É um manejo importantíssimo, pois marca o início do período seco. Durante o período seco as alterações fisiológicas que ocorrem na glândula mamária impactarão profundamente a próxima lactação. Parte significativa de novas infecções adquiridas no período seco continua na lactação seguinte, além do que, o vazamento de leite após a última ordenha aumenta a suscetibilidade a novas infecções intramamárias. Como se não bastasse isso tudo, após a última ordenha o aumento excessivo da pressão do úbere causa dor e extremo desconforto, e já sabemos que bem-estar tem correlação com produtividade.

 

Objetivos da secagem:

Melhorar o manejo reduzindo rapidamente a produção de leite;
Otimizar a saúde do úbere para evitar o risco de novas infecções;
Garantir o bem estar da vaca reduzindo a dor e o desconforto causado pelo acúmulo de leite no úbere.

 

O que é Velactis:

Velactis é um facilitador de secagem. Contém um derivado do ergot, a cabergolina, que é um potente agonista da dopamina nos receptores D2. Ele facilita o processo de secagem, quando utilizado junto com a interrupção brusca da ordenha. Isso tem efeito positivo no manejo, na saúde do úbere e no bem-estar da vaca.

Durante a ordenha, a lactação é estimulada pela prolactina, que é secretada pelas células lactotróficas da glândula pituitária no cérebro. No momento da secagem, a prolactina continua sendo produzida por certo tempo, então o leite continua se acumulando aumentando a pressão no úbere, causando dor e provocando vazamento de leite. Com isso a porta de entrada ao canal do teto permanece aberta aumentando as chances de novas infecções intramamárias.

Ao aplicar Velactis após a última ordenha, a cabergolina inibe a secreção da prolactina causando rápida diminuição na produção de leite facilitando todo o manejo e processo de secagem.

 

Uma única aplicação intramuscular de 5ml de Velactis após a última ordenha possibilita:

Rápida redução na produção de leite, permitindo a secagem abrupta sem os malefícios desse manejo antes da existência dessa tecnologia;
Permite que se mantenha a mesma nutrição até o momento da secagem, não sendo necessária a restrição alimentar;
Diminui o aumento do volume (ingurgitamento) e da pressão do úbere, diminuindo a dor e melhorando o bem estar da vaca;
Diminui o vazamento de leite após a secagem permitindo a formação natural do tampão de queratina;
Diminui a taxa de novas infecções intramamárias responsáveis pelas mastites que ocorrem no início da próxima lactação;
Possibilita o produtor ou técnico definir a duração do período seco de acordo com o manejo da propriedade;
Melhora o manejo, a saúde do úbere e o bem-estar da vaca.
Os três eixos da secagem e de atuação de Velactis.

Produtos relacionados

Pague com
  • Mercado Pago
Selos
  • Site Seguro

Agropecuária Ourense - CNPJ: 09.323.570/0001-97 © Todos os direitos reservados. 2021